As 10 melhores experiências de verão ao redor do mundo

Onde você se encontrará neste verão e que experiências legais você viverá? Onde será sua próxima viagem? Agora é definitivamente a hora de começar a pensar sobre isso, antes que os preços dos voos disparem!

A equipe Jubel escolheu algumas de nossas experiências favoritas e menos conhecidas no verão. Confira nossas 10 principais recomendações:

1) Mergulho e snorkel em Sulawesi, Indonésia

Embora seja estação das monções no resto do sudeste da Ásia durante os meses de verão, é o horário nobre para visitar a Indonésia.

Quando se trata da Indonésia, os viajantes costumam visitar os locais mais comuns, como Lombok ou Bali, e perdem destinos mais remotos e talvez mais impressionantes, como Sulawesi. Sulawesi é uma ilha em forma de dedo com 6.000 km de costa e praias, margens repletas de recifes ricos e de biodiversidade e um interior montanhoso com selva densa. O isolamento desta ilha tropical manteve muitas culturas e seus costumes intactos, como o povo Toraja, que tem cerimônias funerárias únicas e complexas, que incluem mumificar seus mortos e mantê-los em casa, entre outras tradições honradas.

Você pode passar semanas explorando as ricas culturas e selvas da ilha, mas seria impensável ir a Sulawesi e não explorar os deslumbrantes recifes de coral ricos em nutrientes - mergulho e / ou snorkeling. Sulawesi tem alguns dos melhores locais de mergulho no arquipélago indonésio, muitos dos quais ficam ao largo da costa. A famosa ilha de Bunaken, na ponta nordeste de Sulawesi, é frequentemente considerada um dos dez principais locais de mergulho do mundo. E, para tornar as coisas ainda melhores, as melhores condições de mergulho são durante os meses de verão (de março a outubro). Este é um verdadeiro paraíso subaquático!

2) Vislumbre o verdadeiro luxo no Clayoquot Wilderness Resort no Canadá

Estar no meio do nada não significa que você não pode se tratar. "Experimente o luxo enlouquecido, verdadeiramente" é o lema deste resort com tendas de luxo.

O Clayoquot Wilderness Resort fica literalmente no meio do deserto e não pode ser alcançado de carro, mas sim de um pequeno avião a pé ou de barco. O local fica à beira da Reserva da Biosfera de Clayoquot da UNESCO. Experimente esta bela reserva em estilo, glamping (ao máximo) em Clayoquot em suas tendas de luxo em lona branca.

Desfrute de caminhadas e pesca no deserto intocado, explorando a vida selvagem, dormindo em uma bela tenda entre os pinheiros, descansando em uma banheira de hidromassagem com vista para a montanha, desfrutando da excelente culinária local e sentindo-se o mais desconectado da civilização possível. Mime-se com umas férias de luxo!

3) Veja ursos polares em Svalbard, Noruega

Essas ilhas árticas, localizadas a meio caminho entre a Noruega e o Pólo Norte, são o lugar perfeito para experimentar a natureza intocada do ártico. Este terreno lindo e acidentado ganha vida nos meses de verão. A luz do sol 24 horas por dia traz bandos de pássaros, morsas, focas e muitas espécies diferentes de baleias. Além disso, pequenas plantas e fungos coloridos também aparecem na dura tundra.

Essas ilhas também abrigam muitos dos últimos ursos polares remanescentes do mundo, e a melhor época para vê-los é durante os meses de verão, quando o gelo derreteu o suficiente para que os navios naveguem nas águas geladas.

Além dos passeios pela vida selvagem, há muito mais a fazer nessas ilhas fascinantes, como caminhadas, passeios de caiaque ao lado de fiordes imponentes, nadar em águas geladas ou até mesmo visitar uma cidade mineira russa abandonada.

A grande maioria dos 3.000 habitantes das ilhas mora na cidade de Longyearbyen, uma vila bonita e colorida, que definitivamente merece ser visitada.

4) Faça um tour gastronômico e de mercado no País Basco Francês

Embora grande parte da Europa esteja cheia de visitantes no verão, o País Basco Francês continua fora do radar tradicional. Quando as pessoas pensam no país e cultura bascos, cidades como Bilbao, San Sebastián e Pamplona, ​​na Espanha, vêm à mente. O que a maioria das pessoas não sabe é que o País Basco é composto por sete províncias, e três delas estão, de fato, na França.

Os bascos são um povo antigo que trabalhou duro para preservar sua história, idioma, cultura e tradições culinárias distintas. O País Basco Francês, ou o País Basco do Norte, é definitivamente distinto. Nem francesa nem espanhola, a região é verdadeiramente um lugar próprio.

O País Basco Francês é uma das regiões mais variadas e distintas da França, com uma costa deslumbrante e pitorescas vilas piscatórias, colinas verdes e ovelhas no campo e grandes montanhas com picos altos. É um excelente lugar para se deslocar de cidade em cidade, saboreando a fantástica gastronomia basca e percorrendo as centenas de pequenos mercados que você encontrará no caminho.

Além disso, vários chefs franceses notáveis ​​abriram recentemente seus restaurantes na área e trouxeram um contexto fresco e moderno à culinária basca. É realmente um lugar para saborear todas as refeições!

5) Surf e festa em Montañita, Equador

Montañita é uma vila à beira-mar boêmia e eclética na costa sul do Equador, perfeita para visitar o ano todo. É conhecida por ser uma das praias mais bonitas do país e é particularmente famosa por seu ótimo surf. De surfistas iniciantes a profissionais experientes, as praias de Montañita têm ondas ideais para todos os níveis. No verão, as ondas podem chegar a um metro (3 pés) e, no inverno, podem ser o dobro desse tamanho.

Montañita tem um estilo de vida muito descontraído e frio, onde sapatos e camisas quase nunca são necessários. Bares e restaurantes com telhado de palha alinham-se nas ruas e ganham vida à noite. Mochileiros e surfistas vêm de todo o mundo para desfrutar de ótimas surf e festas que duram até o amanhecer!

Sua excelente praia, vibrações frescas e cervejas baratas fazem deste destino um paraíso para mochileiros autênticos!

6) Navegue ou caiaque pelo arquipélago de Estocolmo, Suécia

Faça uma viagem de barco ou caiaque de vários dias por um dos maiores e mais exclusivos arquipélagos do mundo - o arquipélago de Estocolmo - que literalmente começa a poucos minutos de barco da deslumbrante capital. A região é um refúgio natural respeitado e protegido, e uma fuga tranquila para os ocupados Stockholmers todo fim de semana de verão.

O arquipélago é composto por cerca de 30.000 belas ilhas e ilhotas de granito. Quanto mais perto você estiver do continente, mais vegetação haverá nas ilhas e mais casas de verão você encontrará. Quanto mais longe você fica, a vegetação fica mais escassa e as ilhas - que foram esculpidas e compactadas milhares de anos atrás por geleiras gigantes durante as várias eras glaciais - se tornam mais planas e ainda mais interessantes.

Passe o dia navegando ou andando de caiaque no calmo Mar Báltico e pare em qualquer lugar que desejar (a menos que seja uma reserva natural) para comer, nadar e tomar sol. Na Suécia, não existe terra privada; portanto, desde que você não veja uma casa, você pode parar em qualquer lugar para quebrar e até acampar!

O arquipélago se torna um paraíso ensolarado em julho, e uma viagem ao arquipélago é uma aventura de uma vida. Passe a noite à beira-mar e acorde com uma das vistas mais bonitas do mundo.

7) Esquiar em Bariloche, Argentina

Para os adeptos de esqui por aí que preferem pular os meses quentes de verão e passar o ano inteiro esquiando, essa é definitivamente uma opção! O verão no hemisfério norte significa inverno no sul!

Desfrute de uma estadia na bonita vila de Bariloche, com sua arquitetura em estilo alpino suíço e seu famoso chocolate quente, e passe os dias esquiando na estação de esqui de classe mundial - Catedral Alta Patagonia - um vasto playground de inverno que é popular entre os praticantes de esqui e snowboard. profissionais.

O resort possui cerca de 120 km de terreno e mais de 50 pistas, a maioria das quais para níveis intermediário e avançado, e os elevadores geralmente abrem em meados de junho e ficam abertos até o início de outubro.

Além disso, existem poucas estações de esqui no mundo que são tão pitorescas e têm um ambiente tão bonito quanto Bariloche. A cidade está localizada na fronteira de um deslumbrante lago glacial e é cercada pelas deslumbrantes montanhas dos Andes, que criam vistas deslumbrantes em todas as direções. Mesmo que você não seja um esquiador, vale a pena a viagem pelos seus incríveis locais naturais.

8) Viagem pela Riviera Albanesa

A Riviera Albanesa é um belo litoral europeu que é relativamente desconhecido para os turistas e, principalmente, os turistas internacionais. A costa rochosa com praias de seixos brancos e douradas, enseadas escondidas, pequenas aldeias tradicionais escondidas em baías isoladas e águas azul-turquesa são um lugar maravilhoso para fazer uma viagem. Ao dirigir, você encontrará praias completamente intocadas, várias magníficas ruínas gregas antigas e belas cidades litorâneas.

Mesmo na alta temporada (meados de agosto), você ainda poderá encontrar praias isoladas e imaculadas sem visitantes.

Desfrute de uma viagem deslumbrante em um país com uma história rica e uma costa equivalente ou até mais bonita que a da Croácia. Além disso, a Albânia tem muito menos turistas e é muito mais acessível.

9) Yoga em Ladakh, Índia

Ladakh, "Terra dos passes altos" é uma região da Índia situada entre duas das montanhas mais magníficas do mundo - o Grande Himalaia e o Karakoram. Ladakh já foi um reino budista, e grande parte da arquitetura antiga esculpia maravilhosamente nos restos das montanhas, como os impressionantes gompas (mosteiros). A maioria da população da região continua sendo budista tibetana.

Esta é uma região de verdadeira beleza cênica, com lindas montanhas áridas e irregulares e terreno acidentado, perfeito para caminhadas. Bandeiras coloridas de oração estão espalhadas por toda parte e tornam este lugar ainda mais majestoso e espiritual.

Os meses de verão são a época de visitar Ladakh, já que as más condições climáticas dificultam o acesso à região durante o resto do ano. Este destino está gradualmente se tornando cada vez mais popular, mas a modernidade ainda não teve seu preço nesta bela área.

Aproveite as suas férias de verão, percorrendo as paisagens deslumbrantes e participando de um retiro de meditação e ioga em um dos lugares mais espirituais do mundo.

10) Aulas de culinária e degustação de vinhos no Vale do Douro, Portugal

O Vale do Douro é um vale de vinho verdejante, com o belo rio Douro passando por ele. As encostas são cobertas por trepadeiras destinadas, em grande parte, à produção de vinho do Porto. Esta região é o berço do vinho do Porto e a maioria ainda é produzida aqui.

Aprecie as vistas deslumbrantes, ande por aí e visite as cidades vizinhas fofas, caminhe por belas trilhas e, acima de tudo, faça uma degustação de vinhos nas diversas Quintas (vinícolas). Esta área é um paraíso de vinho e boa comida.

Participe de aulas de culinária de dia inteiro e passeios de vinho e aprenda sobre a rica e antiga cultura culinária e vinícola de Portugal. O Vale do Douro é menos conhecido do que outras regiões vinícolas da Europa, dando-lhe uma sensação mais autêntica.

Se o verão se estender até setembro, você pode até se envolver na colheita das uvas e esmagá-las com os pés descalços!

Existem tantas possibilidades para ótimas férias de verão, e estas são apenas algumas das nossas jóias menos conhecidas favoritas! Confira outras ótimas recomendações para suas férias de verão: Valletta, Off-The-Beaten-Path e Por que a Geórgia precisa estar no topo de sua lista de baldes

Precisa de ajuda para planejar sua aventura de verão?

COMECE AGORA!

Publicado originalmente em www.jubel.co.